Dados demográficos do consumidor: o que são e como usá-los como estratégia

Tempo de leitura: 6 minutos

Uma das estratégias eficientes de marketing sempre foi conhecer a fundo o seu público-alvo, não é mesmo? Os dados demográficos do consumidor podem ajudar.

Mesmo com mudanças nos últimos anos e a digitalização dos processos, isso se tornou ainda mais importante e relevante.

Dessa forma, alguns elementos se tornaram fundamentais para entender o comportamento do cliente de cada marca, como os dados demográficos.

Isso mesmo, entender mais sobre quem está do outro lado da mensagem é essencial para que a comunicação se torne cada vez mais eficiente e que alcance o potencial cliente.

Vamos aprofundar isso? Continue lendo!

O que são dados demográficos do consumidor?

Dados demográficos do consumidor são informações e estatísticas que segmentam uma população de um país, estado ou cidade a partir de diferentes características.

Eles englobam informações desde o nome da pessoa até mesmo a sua ocupação. São informações básicas e simples, mas que podem ter muito valor para a elaboração de planos de ação, seja qual for o segmento.

A ideia é compreender as características e dinâmicas de uma população específica. Esse conceito, muito aplicado por governos para entender sua população e criar políticas públicas, por exemplo, começou a ser aplicado em outras áreas, como o marketing digital e vendas.

As informações coletadas podem variar, mas geralmente seguem um padrão:

  • nome e sobrenome;
  • idade;
  • sexo;
  • orientação sexual;
  • estado civil;
  • lugar de nascimento e/ou nacionalidade;
  • residência atual;
  • grau de alfabetização e outras características educacionais;
  • ocupação e demais informações econômicas.

A partir desses dados, as empresas podem aprimorar ainda mais as suas estratégias e ações para criar uma oferta de valor mais relevante para os seus consumidores.

Considerações sobre o comportamento do consumidor

Estudar o comportamento do consumidor é buscar as razões que o fazem escolher, comprar e consumir um dado produto ao invés de um outro.

O marketing sempre se valeu de dados demográficos para entender o mercado de atuação e distinguir os grupos de clientes da empresa.

Isto porque as necessidades, os desejos e os índices de utilização e/ou rejeição dos consumidores sempre estiveram associados às variáveis demográficas, tais como sexo, idade, ocupação, rendimentos, grau de escolaridade, religião, status de relacionamento, entre outras características populacionais.

O Big Data e o comportamento do consumidor

Seja uma visita a um site de notícias, a navegação nas redes sociais ou a compra de um produto via e-commerce, cada passo que damos na internet hoje deixa rastros. Inclusive, é graças a eles que as empresas podem capturar informações e traduzi-las em inteligência de mercado. E é nesse âmbito que podemos situar o Big Data.

De maneira geral, o Big Data nada mais é do que o enorme volume de dados deixados pelos clientes durante suas experiências de compra ou até mesmo em uma visita descompromissada por uma loja virtual.

Contudo, não basta reunir um grande fluxo de informações e não ter como analisa-las da maneira correta. Por isso, as empresas têm hoje acesso ao chamado Big Data Analytics, que é a tradução desses dados para que eles se tornem auxiliares na tomada de decisões ou até mesmo para que possam ser usados para desenhar o perfil dos clientes de uma loja.

O Big Data pode, por exemplo, ajudar as equipes de marketing a criar campanhas cada vez mais segmentadas para os consumidores certos ou oferecer uma visão ampla de como o mercado e o consumidor se comportam. Essas características fazem dessa tecnologia uma ferramenta competitiva importante para as empresas.

Como o Big Data ajuda a entender o comportamento do consumidor?

Para as marcas, conhecer sua clientela é um fator essencial para viabilizar uma série de ações, como é o caso dos investimentos em propaganda e marketing. E é por isso que a tecnologia pode ter um grande impacto para aqueles que desejam melhorar o alcance e as conversões de uma empresa.

Confira a seguir alguns pontos que o Big Data pode ajudar na compreensão dos modelos comportamentais do público:

Identificação do comportamento e padrões de compra dos consumidores

Com o uso de softwares especializados em análise de dados, os gestores podem ter acesso a inúmeras informações que são processadas ao longo de buscas na web, formulários preenchidos, compras online ou uma simples navegação em um site.

Entre as variáveis mais importantes que podemos ter acesso com o estudo de dados, estão os padrões de compra e o perfil comportamental dos consumidores. Também podemos conhecer quais os canais de consumo mais utilizados e as formas de comunicação preferidas de cada cliente, facilitando o desenvolvimento de campanhas mais efetivas.

Segmentação de campanhas para os diferentes perfis de clientes

A análise de dados permite desenhar perfis mais detalhados sobre clientes fidelizados e em potencial de uma empresa, seja ela voltada para B2B ou B2C.

O mais importante é que esses modelos comportamentais são baseados em informações reais, agrupadas em diversos canais de navegação existentes.

Redes sociais, e-commerce, buscas online, interações via e-mail, chat ou formulário, não importa. Conforme navegamos online, milhares de informações são deixadas em cada clique ou site de acessamos. Essas informações são altamente valiosas para qualquer negócio, possibilitando a veiculação de campanhas segmentadas e mais direcionadas, que aumentam a identificação do cliente com a empresa.

Análise em tempo real do comportamento dos consumidores

Hoje, a concorrência no mercado está cada vez mais acirrada e por isso é fundamental que as empresas disponham de ferramentas que permitam desenvolver estratégias e aplicar iniciativas imediatas em seu dia a dia.

Nesse aspecto, o Big Data possibilita que essas aplicações sejam feitas em tempo real, trazendo mais agilidade e tornando-se um importante diferencial para os departamentos de marketing.

Com esse auxílio é possível, por exemplo, personalizar informações e conteúdos dentro dos canais de comunicação de uma marca de acordo com o perfil de cada visitante, no exato momento em que eles acessam esses canais.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo!

Para finalizar: se quiser aumentar suas vendas e reforçar sua presença online, fale com a Soub Digital. Temos a solução ideal para o seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *