7 dicas para utilizar EAT nas estratégias de marketing digital

Tempo de leitura: 4 minutos

No post anterior vimos que, além de SEO, também devemos nos preocupar com o EAT do Google. Ou seja, nossos conteúdos precisam ter incorporados os valores: expertise, autoridade e confiabilidade. Mas, como utilizar EAT nas estratégias de marketing digital e, principalmente, como aplicá-lo no site/blog? 

O Google tem trabalhado bastante para proporcionar a melhor experiência ao usuário. Nosso papel nisso é fundamental. Afinal, somos nós, do marketing digital e comunicação que alimentamos a web de informações.  

No entanto, nem todo mundo é como você e eu, que se preocupa em oferecer um conteúdo confiável, com endosso de outros sites de autoridade, em uma plataforma amigável e segura e também com uma escrita objetiva, ortográfica e gramaticalmente correta. Ufa, cansou esse parágrafo, né? 

Mas veja só, em uma breve descrição, é isso que o EAT representa. É esse tipo de conteúdo que o Google quer. E, se quisermos levar os negócios de nossos clientes para o alto – primeiras posições na SERP ou posição zero (featured snippet) – precisamos estar afinados com o buscador.  

Bem, tudo esclarecido, vamos ao que interessa: como utilizar EAT nas estratégias de marketing digital. 

As 7 melhores práticas para utilizar EAT no marketing digital 

eat no marketing digital

A partir daqui você conhecerá 7 formas estratégicas de aplicar o conceito de EAT em um site.  

A primeira coisa que deve saber: o objetivo é focar no leitor e sua experiência com o conteúdo que você oferece no site ou blog. 

Caso queira conhecer mais sobre EAT antes de continuar, este artigo pode ser útil: EAT e SEO: como criar conteúdos que o Google quer 

Vamos às dicas:

1. EAT sem moderação

Aplique os conceitos de EAT em todas as páginas de conteúdo seu site ou blog. 

2. Conteúdo só existe um: o valioso

Sempre que for escrever um artigo, vá atrás de informações verificadas e verifique se são verdadeiras. Não esqueça também de verificar se estão atualizadas, pois muitas vezes a informação já não é mais a mesma. Exemplo: uma lei que passou por alterações. Caso fique com dúvidas, tente consultar pessoas da área e esclarecer. Dessa forma, estará disponibilizando conteúdo de valor ao seu leitor.  

3. Referências de autores ou editores 

Pois é, o Google passou a favorecer nas primeiras posições conteúdos que tenham referência de especialistas ou sites especializados.   

Uma forma de essa autoridade ser medida é pelo número de backlinks apontando para seus conteúdos ou menções o tratando como especialista no assunto 

Isso é resultado dos conteúdos que seu blog/site tem ou terá, e só reforça tudo que falamos sempre, de oferecer conteúdo relevante e de qualidade ao leitor.  

otimização de sites com eat do google

4. Backlinks de qualidade 

Os backlinks que guiam o leitor até a sua página do blog ou site que tenha um conteúdo relevante são uma das melhores práticas de SEO e EAT. Além de ampliar o conhecimento do leitor também geram tráfego de qualidade 

5. CTAs e links 

Materiais complementares são sempre muito bem-vistos. Os chamados “materiais ricos” servem tanto para serem usados como isca digital quanto para serem disponibilizados em artigos.  

Por que não citar (e linkar) um e-book em um texto? Ou oferecer um infográfico com um resumo, dados, estatísticas ou informações complementares ao conteúdo tratado? 

6. Guestposts 

Postagens de convidados especialistas da mesma área ou nicho aumentam a autoridade do site ou sua autoridade como autor, caso você que produza conteúdo para outro site. 

7. Nada de erros no site

Sejam erros de carregamento de página ou erros no próprio conteúdo, tudo isso é mal visto pelo Google. Portanto, seu site deve estar funcionando bem, deve oferecer segurança e ter um conteúdo bem escrito, de acordo com os padrões da língua.  

Essas são as principais dicas sobre EAT no marketing digital. Esperamos que tenham gostado e que as aproveite! 

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, use o espaço dos comentários.  

Caso tenha interesse sobre o que nossa agência pode fazer pelo seu negócio, entre em contato e fale com um de nossos especialistas 

Nos vemos no próximo post! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *