Além do SEO: como trabalhar a intenção de busca do usuário

Tempo de leitura: 3 minutos

Passou o tempo em que para ranquear nos primeiros resultados de busca era preciso otimizar as páginas com técnicas de SEO

É claro que SEO continua sendo importante e essencial para quem quer aparecer nas primeiras posições. No entanto, agora ele tem aliados que reforçam a otimização. 

Um exemplo é o E-A-T do Google, que considera a autoridade, expertise e confiança que os sites e conteúdos passam. Outro fator é a semântica, o conteúdo escrito de forma orgânica e com informações relevantes ao usuário. 

Para quem não sabe, há trabalho manual no Google, que faz essa análise, que ainda não é possível por robôs. 

Além desses, outro fator é extremamente importante para alcançar o público-alvo e conquistar posições de destaque na SERP: a intenção de busca. 

Quer saber mais? Continue sua leitura!

O que é intenção de busca?

Essa é uma pergunta bem fácil de responder: intenção de busca é o que o usuário pretende encontrar ao fazer uma pesquisa nos buscadores. 

Dessa forma, caso faça uma pesquisa genérica, como “celular”, não sabemos exatamente a intenção de busca dele, muito menos o Google entenderá. 

No entanto, se ele pesquisar por “celular barato” ou “preços de celular”, sabemos qual é a intenção de busca dele. Certamente, ele quer comprar um celular. 

O algoritmo do Google tem como ver o que os usuários pesquisam, mas ele pode muito mais. Por meio da combinação das palavras que o usuário usa, ele entende a intenção de busca por trás das pesquisas.

Então qual é o propósito do conteúdo hoje? Certamente solucionar as dúvidas do usuário. Além disso, tem que ser relevante e bem produzido. 

Quais tipos de busca os usuários fazem?

Para entender melhor a intenção de busca do usuário, é preciso conhecer quais os tipos existentes. 

Basicamente elas se resumem a navegacional, informacional e transacional. Entenda cada uma a seguir.

Busca navegacional

É o tipo de busca cuja intenção é encontrar um site específico. Exemplo: o usuário quer ver as notícias do site UOL, então pesquisa por ele no buscador. A intenção é bem clara, ele tem a intenção de chegar a um local específico na internet. 

Busca informacional

Este tipo de busca acontece quando o usuário quer alguma informação ou quer tirar uma dúvida. Por exemplo: “como editar uma imagem no Photoshop” ou “quais os sintomas de febre amarela”. 

Busca transacional

Neste tipo de busca há a intenção de compra ou alguma outra ação relacionada a uma conversão. Por exemplo: “preço tênis marca XXX” ou “valor da passagem para Montevidéu”. 

Resumindo: 

  • Pesquisa navegacional: Chevrolet
  • Pesquisa informacional: melhor SUV Chevrolet
  • Pesquisa transacional: onde comprar uma SUV Chevrolet

Por que é importante entender a intenção de busca do usuário

A intenção de busca influencia a produção de conteúdo do blog da empresa/negócio. 

Ao fazer uma pesquisa, o usuário encontra resultados em conteúdos orgânicos, imagens, vídeos, links patrocinados, avaliações etc. 

É importante lembrar que há intenções de pesquisa para negócios locais, por isso que também é importante ter a empresa no Google Meu Negócio. 

Digamos que o usuário pesquise sobre “eletricista”. Os primeiros resultados são locais, já que ele provavelmente está precisando de um. 

Já se a pesquisa for por “cantor de rock”, certamente não é porque ele queira fazer um show em casa, mas sim conhecer alguns dos nomes mais famosos do estilo musical. 

Viu como é importante conhecer tudo que faz diferença quando o assunto é seu público-alvo chegar até você?

E como andam seus insights sobre a intenção de busca de seus potenciais clientes? Se você não sabe, é hora de falar com quem entende!

Converse conosco e vamos trocar ideias sobre o seu negócios e as estratégias de crescimento!

Até nosso próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *