O que é marketing humanizado e o que ele faz pelo seu negócio?

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabe o que é marketing humanizado? Bem, antes de conceituá-lo, vamos contextualizar. 

Com a popularização da internet, o meio digital se tornou um forte ambiente de relações sociais e de negócios. 

Para as empresas, a internet se transformou em um ótimo meio de fazer negócios. No entanto, a concorrência é forte e é preciso apostar em meios de tornar a marca conhecida e de aproximar o público-alvo, que é o potencial cliente. 

Para isso, há o marketing digital, que tem as ferramentas certeiras, como o inbound marketing — ou marketing de atração. Sim, porque a tendência passou a ser encantar e atrair o cliente, fazer ele passar por uma jornada de compras até fechar negócio. 

Dessa forma, durante esse processo e mesmo após o fechamento da venda, um aspecto se torna essencial para, além de encantar, fidelizar esse cliente: o relacionamento com cliente. 

A partir de estratégias de marketing de relacionamento, se dá atenção ao cliente, que é o centro de tudo. 

No entanto, há um paradigma: ao mesmo tempo em que há centenas de ferramentas para automação do atendimento, como chatbots, FAQs e outros meios, o cliente/consumidor se sente mais “acolhido” quando recebe um atendimento humano. 

E agora? Vamos falar mais sobre isso? Continue lendo o artigo!

O que é marketing humanizado?

O marketing humanizado é uma interação com o cliente com mais calor humano. Diante disso, é preciso ter em mente que o ser humano sempre procura ser reconhecido ou ser parte de algo. Ao trazer isso para o marketing, sua empresa só tem a ganhar. 

Chamado de “human to human (H2H)”, o marketing humanizado tem o objetivo de criar uma ligação especial entre a marca e seus consumidores. 

Por que o marketing humanizado é importante?

Primeiramente, porque as pessoas não querem mais consumir, mas também ter uma boa experiência durante todo o processo de compra. 

Imagine um SAC. O cliente precisa tirar uma dúvida sobre determinado produto. Ele quer saber no que o produto X difere do Y. Como o atendente tem um script de atendimento, ele possivelmente responderá que há uma descrição de cada produto, que basta que o cliente acesso o site e leia as descrições. 

Por outro lado, outro atendente vai além do script: dá a resposta sobre a descrição, mas pede que o cliente aguarde uns minutos que vai verificar. Passado um tempinho, volta com a resposta ao cliente. 

Em qual dos dois casos ocorreu o marketing humanizado? No segundo, é claro, pois houve empatia. É disso que trata o marketing humanizado  e a comunicação H2H.

O que as empresas ganham com o marketing humanizado?

Um cliente satisfeito. Dois clientes satisfeitos. Vários clientes satisfeitos! Isso significa que a empresa tem um atendimento de qualidade e que as chances desses clientes satisfeitos fazerem o marketing “boca a boca” são grandes. Além disso, muitos ainda fazem a avaliação!

Isso coloca sua marca em evidência, a posicionando melhor no mercado e dando poder para novas campanhas. Dessa forma o negócio vai andando e novos clientes sendo fidelizados. 

Em qualquer que seja o segmento, o marketing humanizado dá um toque especial, sabe por quê? Porque as pessoas se sentem compreendidas, se sentem atendidas e com as respostas que buscam. Isso resulta em clientes engajados com a sua marca.

Esperamos que tenha gostado de nosso artigo. Se tiver mais dicas, deixe nos comentários. Também nos conta sua opinião sobre o tema.

Quer bater um papo e trocar algumas ideias sobre o que podemos fazer pela sua empresa? Entre em contato conosco!

Nos vemos no próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *