O que é marketing transacional e como funciona?

Tempo de leitura: 2 minutos

O marketing transacional é a forma mais tradicional de publicidade, como a conhecemos desde antes da internet.

Os famosos comerciais entre os capítulos de novelas ou partes de filmes, ainda fazem parte de estratégias de marketing. E esse é o marketing transacional, aquele que já chega dizendo a que veio e o que tem a oferecer ao público.

É claro que por muito tempo não era essa a denominação. No entanto, com os novos tipos de abordagem, as novas modalidades foram ganhando nomes — marketing digital, marketing reverso, marketing de atração, marketing de relacionamento etc.

Entretanto, nosso foco hoje é no marketing transacional, que não acontece somente no meio físico, mas também no virtual.

Saiba mais!

Marketing transacional: tudo que você precisa saber

O marketing transacional tem o objetivo de impactar o máximo de consumidores de uma única vez.

Continua sendo eficiente Sim, no entanto é o tipo de marketing que não foca na experiência do consumidor e sim, diretamente na aquisição de novos clientes. Apesar de a maioria não se tornar consumidora, a estratégia é que impacta de forma positiva em uma parcela deles.

As principais características dessa estratégia

Foco na aquisição de clientes

Conforme dissemos, o principal objetivo no marketing transacional é conquistar novos clientes para uma marca.

O importante nas ações do marketing transacional é atrair e converter o usuário em consumidor da marca, mesmo que uma única vez.

A medição de desempenho das ações não é prioridade, ficando em segundo plano. A ideia é mesmo converter diretamente pelas ações.

Ações a curto prazo e foco na venda

A nutrição de leads, assim como a relação entre marca e consumidor, não são ações tão importantes deste tipo de abordagem.

O foco é ter resultados em curto prazo. As ações são criadas para impactar de imediato e com um senso de urgência, a fim de direcionar o consumidor a comprar o mais rápido possível.

Diferenças entre marketing transacional, digital e de relacionamento

O marketing transacional — ou tradicional — perdeu bastante espaço para o digital e o de relacionamento, que deram mais atenção à criação de conexões com o consumidor.

A principal diferença entre eles é justamente essa, enquanto o digital capta e nutre leads, os conduzindo pela jornada de compra, o de relacionamento trabalha para conectar emoções entre público e marca, o transacional foca somente em fechar uma venda rapidamente.

O marketing tradicional foca em mensagens mais amplas e em quantidade, sem focar muito na personalização, enquanto os demais buscam compreender cada vez mais o comportamento do usuário e personalizar conteúdo — tanto que tem as personas, a caracterização do consumidor ideal.

Esperamos que tenha gostado de conhecer mais esse conceito.

E não esqueça: para alavancar seu negócios e marcar sua presença online, aposte no inbound marketing. Quer saber mais? Fale com um de nossos consultores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *