7 tendências do marketing digital para 2021

Tempo de leitura: 6 minutos

Vamos entrar em 2021 mudados. Este ano mexeu com a vida de todos, sem exceções. A pandemia forçou mudanças de comportamento, tecnologia e formas de trabalhar. Tudo isso impactou nas tendências do marketing digital para 2021, o tema deste nosso artigo.

Falar em tendências do marketing digital para 2021 é de certa forma encarar um cenário de incertezas em função da crise ainda não resolvida em relação à pandemia do COVID-19, que abalou seriamente todos os mercados no último ano.

Principais tendências do marketing digital para 2021

Conheça abaixo as principais tendências do marketing digital em 2021 e comece a pensar suas estratégias para os negócios:

1- SEO com novo enfoque

Imagem com as várias ferramentas de SEO

O SEO (Search Engine Optimization) — otimização para os motores de busca — sempre foi importante no marketing digital e esse trabalho de otimização é cada vez mais valorizado.

É por meio de SEO que as páginas de um site ou blog ranqueiam e alcançam posições não pagas, chamadas de “posições orgânicas” em buscadores como Google, Bing e Yahoo.

Além da vantagem óbvia, que é o ganho de tráfego sem custos com links patrocinados, há o fato de o tráfego de busca orgânica ser extremamente qualificado.

As técnicas de SEO são aprimoradas com frequentemente, geralmente acompanham as atualizações dos algoritmos do Google. Além disso, o principal buscador está sempre aprimorando seus recursos.

Um deles é o featured snippet, que garante uma resposta ao que o usuário busca sem que este precise entrar em um site. É aquela “caixa” de respostas ou listagens que aparece antes dos resultados. Veja exemplo abaixo:

A briga pela posição zero não é tão novidade assim, no entanto, entra como tendência porque o Google está priorizando essa experiência aos usuários, de já ter as respostas diretamente na SERP. Junto com o featured snippet está o grupo de perguntas frequentes.

Podemos concluir que esse é um novo enfoque, perspectiva ou dimensão do SEO, cuja denominação é “SEO On SERP” e que figura entre as principais tendências do marketing digital em 2021.

Dessa forma, o trabalho de otimização deve ser em cima de técnicas que destaquem nas perguntas frequentes e páginas de respostas às pesquisas.

2 – Pesquisas por voz

Imagem mostra um celular e a opção de pesquisa por voz

Não é algo novo, você vai pensar. Realmente não é, no entanto, esse meio de pesquisa tem crescido muito nos últimos anos.

Quando se trata de pesquisa por voz é preciso adaptar a estratégia de SEO, já que ela tem uma estrutura semântica diferente das pesquisas digitadas.

Enquanto estas últimas costumam ser mais curtas, menos específicas e normalmente sem preposições, a por voz é bem mais específica.

Além disso, a pesquisa por voz é também mais certeira, uma vez que erros de ortografia e mudança na semântica das palavras por causa de acentuação, por exemplo, acontecem com mais frequência na pesquisa escrita e pode comprometer o resultado da busca.

O que deve ser feito então é lembrar de usar termos mais simples, explorar recursos como featured snippets e usar palavras-chave de cauda longa.

3 – WhatsApp Business

Imagem com o símbolo do WhatsApp Business: um balão de conversa com a letra B dentro

O aplicativo de mensagens mais baixado e utilizado mundialmente ganhou uma versão para negócios e se tornou uma poderosa ferramenta para aumentar vendas e para marketing digital.

Cheio de recursos, o WhatsApp Business tem facilitado o dia a dia de empresas, sobretudo de pequenas e médias, que conseguem expor seus produtos e até mesmo fechar negócios diretamente pelo aplicativo.

Para saber mais sobre as possibilidades do aplicativo, leia estes artigos:

4 – E-commerce e redes sociais integrados

Pessoas negociando online, representação da integração entre e-commerce e redes sociais, tendências do marketing digital para 2021

O Instagram Shopping, o botão do WhatsApp nos sites e o próprio WhatsApp Business mostram que e-commerces e redes sociais estão cada vez mais integrados.

A pandemia agilizou boa parte desse processo de desenvolvimento, afinal, com todo mundo em casa, as compras online deram um salto.

A tendência é que isso seja aperfeiçoado cada vez mais e que os negócios via redes sociais ganhem cada vez mais espaço e adeptos — tanto empreendedores quanto consumidores.

Dessa forma, quem ainda não está usando essa integração como estratégia deve pensar em adotá-la neste ano. E começar logo, nada de deixar para depois!

5 – Mais conteúdos interativos

Um post bem elaborado e que entregue o conteúdo que e as respostas que o usuário busca é garantia de sucesso e de uma boa nutrição de leads.

No entanto, temos nos deparado diariamente com um público mais exigente. Esses consumidores consomem mais informação e querem conhecer bem seu produto e avaliar a sua autoridade antes de decidir pela compra.

Assim, é preciso ir além dos conteúdos, e oferecer e-books, infográficos, quizzes, glossários, informativos e todo tipo de materiais ricos possível.

6 – Uso do User-Generated Content (UGC) nas estratégias

Apesar do nome “pomposo”, essa já é uma estratégia utilizada, mas que precisa ganhar mais atenção, por ser vista como potencial para o diálogo entre consumidores e marcas no meio digital.

Em tradução livre, user-generated content significa “conteúdo gerado por usuário“. Ou seja, são comentários, avaliações, depoimentos e todo tipo de integração dos usuários com a marca/empresa.

Pense em quantas vezes o consumidor vai até as avaliações e comentários sobre os produtos antes de decidir sobre sua compra. Ele analisa e avalia baseado na nota dada à compra de outros consumidores, assim como pelos comentários.

Sendo assim, a dica é criar ambientes amigáveis nos quais o consumidor possa se expressar, e, além disso, responder às mensagens/avaliações deixadas. Isso mostra o quanto ele é importante para a sua empresa.

7 – Marketing humanizado: criando conexões

Talvez você ainda não tenha ouvido falar, mas o marketing humanizado também é uma abordagem que vem ganhando força há algum tempo.

O conceito se soma outros, como à produção de conteúdo, ao relacionamento com o cliente, dentre outros.

A ideia é desligar o modo “automático” e apostar mais em uma abordagem de comunicação que crie conexões humanas, que gere empatia pelo cliente e, é claro, investir em marketing de relacionamento.

Como motivação, tenha isso em mente: manter um cliente custa bem menos do que conquistar um novo. Então, assim que conquistá-lo, crie essas conexões das quais falamos e o fidelize.

Quer ajuda para implementar as tendências do marketing digital para 2021 em seu negócio? Fale com um de nossos consultores e juntos encontraremos a melhor forma de incrementar e aumentar suas vendas, além de trabalhar sua marca e presença digital!

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *